0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Você já parou hoje para respirar e observar o que está acontecendo à sua volta? Constantemente queremos duplicar nossa rotina, transformar 24h em 48h para que sejamos capazes de “dar conta do recado”, mas a verdade é que essa corrida só prejudica nossa saúde emocional.

O grande desafio é entender os limites dessa corrida e saber “dosar” até que ponto essa busca incessante por “abraçar o mundo” lhe faz bem.

Nossa saúde emocional é resultado dos acontecimentos externos e internos que acontecem em nossa vida.

A insatisfação pessoal e profissional, autocobrança, excesso de pressão, angústia que não passa e a dificuldade de auto aceitação são grandes causas internas que te levam a não alcançar a saúde emocional que você merece.

Por outro lado, temos os fatores externos que impactam de maneira grandiosa em todas as áreas da nossa vida, afinal, problemas de saúde, adversidades nos relacionamentos, dificuldade financeira e uma rotina à 200km/h nos leva a esquecermos da importância de desenvolvermos saúde emocional.

E é exatamente por essas situações serem tão presentes no dia a dia de qualquer pessoa, que agora você vai conhecer 6 dicas para começar a construir a saúde emocional que você merece.

Você está preparado para começar um novo capítulo da sua vida construindo a saúde emocional que você merece?
Então, vamos lá!

O que é saúde emocional?

Da mesma forma que você se alimenta para ter energia durante o dia, consome água para se manter hidratado e pratica exercícios físicos para o conforto do seu corpo, é necessário que esse cuidado seja expandido para o psíquico.

Afinal, mente e corpo caminham juntos, não é mesmo? Então, de nada vale o corpo estar são se a sua saúde emocional está inválida.

Mas de fato, o que é saúde emocional?

Primeiramente precisamos dizer que saúde emocional não é a ausência de problemas ou até mesmo transtornos mentais, muito pelo contrário.

A principal característica da saúde emocional é controlar e administrar as alterações comportamentais que possuem uma forte influência em nosso cotidiano.

Como disse anteriormente, a saúde mental não é a ausência de problemas ou transtornos mentais, mas sim um estado em que a sua mente apesar das adversidades abriga aspectos positivos.

O que faz a minha saúde emocional ficar em segundo plano?

Tudo começa quando deixamos de olhar para nossas emoções. É um verdadeiro labirinto feito por peças de dominó.

Aposto que você já fez um e sabe como funciona. Se uma peça é derrubada, automaticamente todas as outras são derrubadas simultaneamente.

E com a nossa saúde emocional é assim que acontece, a partir do momento que reprimimos nossas emoções, a forma como escolhemos lidar com essa circunstância é que vai ditar o impacto nas próximas peças.

Por isso que para construir a saúde emocional que você merece será necessário um conjunto de fatores.

No momento em que decidimos limitar nossas emoções, espontaneamente a forma como escolhemos lidar com a circunstância fará com que venhamos nos sufocar um pouquinho mais dia após dia.

Mas e aí, o que acontece quando reprimo uma emoção?

Emoções como raiva, tristeza e medo, quando reprimidas, maximizam seu potencial e acabam por fazer com que venhamos a nos esconder cada vez mais em nosso casulo.

É através dessa atitude que podemos desenvolver transtornos mentais como depressão, ansiedade e crise de pânico.

O corpo fala e eu garanto que se você não falar, ele irá falar por você.

Você precisa se atentar a esses detalhes, precisa olhar para si com carinho e entender que mesmo não sendo uma tarefa fácil, se dar a liberdade de sentir e compartilhar a emoção apesar de ser um pequeno passo traz resultados enormes que te levam a construir a saúde emocional que você merece.

Nossas emoções estão ligadas diretamente à nossa saúde emocional ou falta dela, por isso, é de extrema importância que você saiba exatamente quais emoções carrega em sua bagagem.

Afinal de contas, ninguém gosta de ir viajar com uma bagagem cheia de coisas que não lhe faz bem, não é mesmo?

Pense nisso!

Quando você decide fazer uma viagem, opta por levar roupas, acessórios e calçados que combinem com aquele ambiente, certo?

Não tem por que viajar para a Bahia no mês de fevereiro e levar na bagagem roupas de frio.

A sua bagagem emocional funciona da mesma forma, leve somente aquilo que lhe traz leveza e bem-estar.

Depois de reprimir emoções, todas as outras áreas de nossa vida são afetadas. No trabalho você se sente sobrecarregado com a falta de resultados e para isso começa a fazer longas jornadas.

As longas jornadas afetam seu tempo de qualidade com a família e com isso os relacionamentos são prejudicados. As noites de sono já não são mais as mesmas, não importa o quanto você durma, sempre acordará exausto.

Por que mereço ter uma saúde emocional de excelência?

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) 1 pessoa se suicida a cada 40 segundos, isso quer dizer que enquanto você lê esse parágrafo alguém se suicidou. Esse dado nos revela que ao ano esse número atinge a marca de 800 mil pessoas mortas pelo suicídio.

Você pode estar se perguntando: “Mas o que o suicídio tem a ver com saúde emocional?”

TUDO! O suicídio é uma causa mortal diretamente ligado a transtornos mentais como depressão, ansiedade e tantos outros.

Por isso, podemos dizer que uma pessoa que cuida da sua saúde emocional, tem menores chances de se suicidar simplesmente por controlar e administrar as suas alterações comportamentais e emocionais que possuem uma forte influência em nosso cotidiano.

Você e tantas outras pessoas têm direito a viver uma vida cheia de paz, autoconhecimento, satisfação, entusiasmo, motivação, autoconfiança e acima de tudo com a saúde mental que você merece!

6 dicas para construir a saúde emocional que você merece

1.    Satisfação e entusiasmo com a vida

O psicólogo americano da Universidade da Pensilvânia, Martin Seligman, responsável por apresentar o conceito de psicologia positiva,  diz que a satisfação pessoal é resultado da somatória de 3 fatores: prazer, engajamento e significado.

A satisfação, seja ela pessoal ou profissional, não deve ser baseada apenas em um elemento, afinal, se não conseguir êxito com esse elemento, como fica? Por isso, é importante que você faça coisas que te proporcionem prazer.

Lembrando que o prazer não vem necessariamente de grandes eventos, gestos e afazeres simples são o suficiente para alcançar essa sensação.

Vale mergulhar de cabeça em algo que você faça, pode ser um hobby, atividade física ou até mesmo alguma causa social.

Você gosta de música? Que tal se dar a oportunidade de aprender tocar um instrumento?

Se você é o tipo de pessoa que gosta de exercício, que tal traçar metas diárias de quilometragem para uma corrida?

A satisfação e entusiasmo com a vida vem do significado e propósito que você põe nas coisas que decide realizar.

Por isso, não importa qual seja o seu gosto, com certeza extraindo o que há de melhor nele você alcançará prazer nas suas atividades e com isso começará a dar os primeiros passos rumo à construção da saúde emocional que você merece.

2.    Habilidade de lidar com adversidades

Nosso dia a dia nunca é uma linha reta, não é mesmo? Constantemente estamos lidando com altos e baixos, nossa vida é como uma montanha russa, ora em cima, ora embaixo.

E é por isso que precisamos desenvolver habilidades para lidarmos com essas adversidades, afinal, já pensou se toda adversidade que vir à tona nos desgastar de maneira tão intensa ao ponto de adoecermos?

Além de não conseguirmos resolver e passar por aquela adversidade, ainda vamos adoecer e com isso, uma situação que apesar de ser adversa tinha solução desencadeia males maiores em nossa vida.

E para isso acontecer, vou te dar algumas dicas que irão te ajudar a conquistar a habilidade de lidar com adversidades e a construir a saúde emocional que você merece:

  • Controle seus impulsos, evite tomadas de decisões no calor do momento. Mais vale esperar e raciocinar de maneira lógica do que agir com impulsividade e se arrepender depois;
  • Seja empático, mesmo que o problema não tenha acontecido com você, nunca se esqueça que nós estamos sempre expostos a adversidades. Por isso, ofereça auxílio, você não precisa aparecer com a resposta do problema de alguém, você só precisa se colocar no lugar do outro prestando apoio e ajuda.
  • Administre suas emoções. Aprenda a dosar a intensidade e o que vale a pena demonstrar quando a adversidade aparece.

3.    Equilíbrio entre trabalho e lazer

Apesar de ser muito importante e essencial para a vida, não é saudável viver apenas de trabalho, muito pelo contrário, é extremamente desgastante e impacta negativamente no seu rendimento.

Por isso, vale a pena buscar um equilíbrio entre trabalho e lazer. Da mesma forma que o seu bolso precisa de retorno financeiro, o seu corpo e mente também precisam de uma descontração, entretenimento e lazer.

É com esse equilíbrio que você vai conseguir se manter produtivo, saudável e satisfeito consigo mesmo no trabalho e na vida.

4.    Autoconhecimento

Como que você aprendeu o caminho que faz até chegar ao seu trabalho? Aposto que no primeiro dia você precisou pesquisar na internet e encontrou inúmeras opções de trajeto, não é?

Depois disso, escolheu aquele que era mais rápido e fácil e com a prática diária agora você já faz o caminho sem nem se perder.

É dessa mesma forma que acontece conosco. O autoconhecimento está aí para contribuir com o nosso desenvolvimento, quando nos conhecemos sabemos impor limites, identificamos o que nos faz bem ou não, aprendemos a lidar com nós mesmos, além de nos preservamos de males e contribuirmos com a construção da saúde emocional que merecemos.

5.    Autoestima

Você reconhece o valor das pessoas à sua volta? Dá a devida credibilidade? Aposto que sim!

Por que então não fazer o mesmo com você? Você também tem e merece se conscientizar do seu valor. Qual a sua percepção sob a forma como você age?

Autoconfiança, auto aceitação e competência social são fatores presentes dentro de uma pessoa que desenvolveu a autoestima.

Apesar de na teoria parecer algo simples, sabemos que na prática não é bem assim, então, vou te dar 4 dicas de como desenvolver a sua autoestima:

  • Não se culpe;
  • Não faça comparações;
  • Seja sincero consigo mesmo;
  • Seja mais compreensivo com seus erros.

6.   Relacionamentos saudáveis

Os relacionamentos são responsáveis por uma grande parte do nosso desenvolvimento, afinal, estamos sempre aprendendo e evoluindo em meio ao nosso ciclo social, ou não.

Relacionamentos tóxicos possuem o poder de destruir a vida de alguém, falando assim parece exagero, mas na realidade não é. É através de relacionamentos abusivos que muitas pessoas saem traumatizadas dessas relações.

Essas relações não são apenas amorosas, o relacionamento com a nossa família, amigos e ambiente de trabalham também estão inclusos nessa somatória.

Por isso que é muito importante escolhermos bem as relações que construímos e sempre observarmos o quanto têm feito sentido e nos feito bem. Você não precisa de ninguém que te coloque para baixo, frustre teus sonhos ou desacredite de você.

Muito pelo contrário, se for para ter uma relação, que ela seja desenvolvida em pró do bem-estar de todas as pessoas que estão dentro dela.

Experiência OMNI

Antes de mais nada, quero te dizer que no começo pode ser difícil você se abrir para essa oportunidade de crescimento, mas vale a pena.

Afinal, estamos falando sobre conquistar a saúde emocional que você merece, não é mesmo?

Por isso, saiba que a hipnoterapia é sua aliada nessa jornada, ela pode facilmente lhe ajudar a destravar e se livrar das correntes que te prendem. E é por esse motivo que VOCÊ NÃO PODE PERDER O EXPERIÊNCIA OMNI!

Mergulhe no Experiência Omni!

Serão 2 dias intensos da imersão em hipnoterapia mais significativa do MUNDO. Durante a experiência você se reinventa e se desprende de tudo aquilo que torna a sua vivência algo escasso, mas para isso o primeiro passo precisa ser dado e A HORA É AGORA!

Caminhe em direção ao encontro com a Omni e conquiste sua saúde emocional.

Inscreva-se clicando aqui!

 

0
Would love your thoughts, please comment.x
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×