0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Se tem uma coisa que todo mundo possui no mundo é a tal da força de vontade! Buscamos essa “inspiração” em todos os momentos da vida para conquistarmos nossos maiores desejos. O grande problema é que a força de vontade não é infinita, portanto, chega uma hora que acaba.

A força de vontade é aquilo que nossas mães sempre pedem para que a gente tenha quando ela precisa de ajuda nos afazeres domésticos:

“Se você tiver um pouquinho de força de vontade, meu filho, você consegue lavar essa louça.”

Diante desse exemplo, podemos afirmar que não se trata somente de uma expressão popular para conseguir fazer algo, e sim uma estratégia da nossa mente para que consigamos realizar alguma mudança.

Mas por não ser constante, a força de vontade se torna algo ligeiramente complicado de lidar. E é sobre isso que euzinha de melo vou falar com você hoje!

Dá só uma olhada:

  1. O que é força de vontade?
  2. O poder da nossa mente
  3. Bônus: 7 dicas de como manter a bateria 100%

Então, boa leitura!

O que é força de vontade?

A força de vontade é a capacidade que temos de nos esforçar um pouco mais para atingir um objetivo. Dessa forma, não se trata apenas de conquistar o objetivo final, mas de conseguir planejar, executar e cumprir um plano eficiente para que se chegue até lá.

É preciso considerar que a força de vontade esteja ligada a liberdade, visto que é possível escolher se você quer ou não fazer algo quando se é livre. Assim, a vontade de seguir com o plano focando em um objetivo específico tem a ver com o desejo de chegar lá, de conseguir um determinado desafio.

Em outras palavras, a essência da força de vontade é fazer o bem a si e ao próximo.

Uma definição nobre, não é mesmo? Mas e quanto aos demais aspectos da nossa mente que nos fazem seguir com a força de vontade?

Para a Psicanálise e para as filosofias orientais, a ideia de vontade não é um ato em si. Para essas propostas, a vontade nasce da consciência.

Por exemplo, se há um objetivo claro a ser cumprido, diante do qual não conseguimos agir, o problema não é resolvido forçando o responsável a agir de outra forma. Segundo eles, nesse momento, o que está agindo é um desejo inconsciente.

Dessa forma, vemos que há uma tensão entre a consciência e a inconsciência. Assim, o desejo provavelmente está relacionado com situações que enfrentamos, como medos e traumas.

Ele vem como um reflexo de problemas que, talvez, nem saibamos que temos. Pode ser ainda uma recompensa diante de um problema anterior. Isso significa, portanto, que pode nada ter a ver com fraqueza, mas com um sintoma interior.

E eu posso afirmar que este sintoma é como uma bateria com tempo de duração.

Uma carga temporária

A força de vontade pode ser descrita como uma bateria de pilha. É finita.

Enquanto ainda possui carga ela funciona como uma locomotiva novinha, mas quando a bateria vai chegando ao fim, é muito complicado manter o foco daquilo que deseja alcançar.

Um bom exemplo é alguém que decide fazer dieta. No início a pessoa está super motivada e consegue seguir com o plano muito bem. No entanto, com o passar dos dias a bateria de sua força de vontade vai se esgotando, o que faz com que a mesma pessoa que iniciou um projeto de vida saudável há uma semana, volte a ter hábitos ruins de alimentação.

Tenha os mesmos hábitos de um milionário. Baixe o e-Book e saiba Como construir hábitos de sucesso!

É inevitável!

De acordo com o livro “Desbloqueie o poder da sua mente”, de Michael Arruda, a força de vontade é “resetada” toda vez que vamos dormir. Mas se não nos dermos sugestões positivas para começar o dia, essa bateria não se carrega completamente.

Dessa forma, fica mais difícil alcançar os objetivos traçados no início.

Chega uma hora do dia em que você não quer fazer mais nada de “produtivo”. É nessa hora que sua mente subconsciente “vence”, e você se rende aos seus instintos. Quando a força de vontade acaba:

  1. Nós não queremos tomar decisões.
  2. Temos aversão ao risco.
  3. Quando somos obrigados a tomar decisões, tomamos aquela mais fácil, menos arriscada e que menos muda nossas vidas.

“Pode ser o que você achar melhor”, “Vamos deixar como está mesmo”, “Eu estou bem nesse cargo, não preciso de muito”.

Essas são as respostas mais comuns dadas pelo nosso subconsciente quando a força de vontade se esgota.

É por isso que dizemos que a força de vontade é como uma bateria de pilha. Ao longo do dia ela se esvai e você deixa de cumprir a meta que tinha.

Mas como resolver isso?

Simples! Treinando sua mente!

O poder da nossa mente

Nossa mente possui uma capacidade gigantesca de aprender e se reinventar.

Ela é a responsável por garantir que nossa mente fique 100% focada no que estamos realizando. É dela que também vem a verdadeira motivação para fazer qualquer coisa, inclusive dar aquela recarga necessária na bateria da força de vontade.

Nossa mente é a responsável por tudo o que realmente somos, por isso é tão importante conhecê-la. Saber como controlar sua mente o ajuda a manter o foco quando a força de vontade se esgotar.

Só a mente tem o poder de nos fazer ir adiante em um objetivo, mesmo quando a bateria se esvaiu há tempos.

Para isso é necessário condicioná-la de forma eficiente, com sugestões claras e positivas que poderão direcionar a sua mente para um objetivo a ser cumprido. É por isso que técnicas como a YOGA, Meditação, psicoterapia e a hipnoterapia são tão eficientes no controle da mente.

Justamente porque com elas é possível garantir que a sua mente viva repleta de incentivos positivos que estão dentro de si. Basta ouvi-los e acreditar neles.

Bônus: 7 dicas de como manter a bateria 100%

Separamos algumas dicas científicas para que você mantenha sua força de vontade sempre com a bateria cheia!

  1. Exercite sua mente para que a força de vontade jamais fique descarregada.
  2. Defina qual a meta que deseja muito alcançar e como ela pode contribuir positivamente para a sua vida.
  3. Se inspire no seu potencial. Pense em tudo o que já conquistou sozinho(a) e o quanto ainda pode conquistar quando estiver focado(a) no seu grande objetivo.
  4. Faça suas atividades mais complicadas no período da manhã, assim, você aproveita todo o potencial da sua força de vontade.
  5. Evite o estresse, porque isso gasta ainda mais a bateria, pois você precisa usar mais da sua força de vontade e autocontrole.
  6. Durma bem! Afinal, se a bateria carrega todo dia, trate de ter uma boa noite de sono.
  7. Dê recompensas a si mesmo durante todo o processo. Sua mente entenderá que está tomando a decisão certa ao seguir no objetivo e você manter o foco.

Anotou tudo? Então comece a mudança hoje mesmo e mantenha sua mente sempre preparada para considerar a bateria ao estado de máxima eficiência sempre!

Ah, não esquece de assinar a nossa Newsletter, viu? Por ela você vai receber conteúdos fresquinhos além de novidades exclusivas e… algumas surpresas também!

0
Would love your thoughts, please comment.x
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×