0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Bem-vindo ao Janeiro Branco! O mês de conscientização a respeito da saúde mental é uma iniciativa de promover a prevenção e tratamento de doenças como:

  • Depressão;
  • Ansiedade transtorno bipolar;
  • Transtorno alimentar;
  • TOC;
  • Estresse pós-traumático;
  • Transtorno de personalidade Borderline.

Esses são apenas os 6 principais tipos de transtornos mentais de acordo com a OMS, o movimento Janeiro Branco é um movimento social desenvolvido com o intuito de construir uma humanidade que tenha seu olhar direcionado para a saúde mental!

Ficou curioso? Então, continue a leitura a seguir e saiba tudo sobre o assunto!

O que é janeiro branco?

Janeiro branco é o nome do movimento conhecido pela conscientização a respeito da saúde mental que tem como objetivo promover a prevenção e combater doenças relacionadas ao transtorno mental.

Toda essa conscientização não teria período melhor para acontecer se não o primeiro mês do ano. Afinal, janeiro é conhecido por inspirar as pessoas a refletirem sobre suas vidas.

Logo, a sociedade enxerga esse período como um grande início e fim de ciclos, nessa época, é natural que o individuo identifique pontos em sua vida e pondere se realmente vale a pena mantê-los ou deixá-los ir!

Aproveitando disso, a campanha janeiro branco vem para nos lembrar que cuidar da saúde mental é um hábito que devemos praticar ao longo dos 365 dias do ano e não somente neste primeiro mês.

O Instituto Janeiro Branco é o grande responsável por esse movimento que busca chamar a atenção não apenas das pessoas, mas também das autoridades políticas, instituições escolares, corporativas e sociedade para que venham enxergar a real importância da saúde mental no cotidiano dos seres humanos.

O que é transtorno mental?

Em 2019, a Organização Mundial da Saúde constatou que quase 1 bilhão de pessoas, incluindo 14% dos adolescentes do mundo sofrem com algum transtorno mental.

Quando olhamos para nosso país, especialistas da USP (Universidade de São Paulo) apontam que 63% da população brasileira é ansiosa e 59% depressiva.

Existe um grande tabu em torno dos transtornos mentais. Afinal, a população ainda ve como loucas as pessoas que sofrem desse mal que já é considerado o mal do século.

Entretanto, o transtorno mental nada mais é do que uma disfunção da atividade cerebral que pode gerar prejuízos emocionais e físicos que podem afetar:

  • Humor;
  • Comportamento;
  • Raciocínio;
  • Concentração;
  • Memória.

Todos esses prejuízos não possuem idade ou faixa etária preferida, os transtornos mentais podem atingir quaisquer pessoas e na maioria das vezes está associado a doenças psicossomáticas e físicas.

O que são doenças psicossomáticas?

Antes de qualquer coisa, você sabe o que significa “psicossomático”?

“Psicossomático” é uma palavra de origem grega que deriva de outras duas palavras: “psique” que significa alma e “soma” que significa corpo.

A partir disso dizemos que doenças psicossomáticas são aquelas que começam na mente e que resultam em consequências físicas.

O Manual de diagnóstico estatístico de transtornos mentais (DSM-V) em sua quinta edição nos apresenta o transtorno de sintomas somáticos:

Transtorno de sintomas somáticos ou TSS, como é chamado pelos profissionais da saúde, é um termo novo e chegou agrupando muitos outros diagnósticos

Pensando nisso, O Dr Adalberto Barreto, criador da terapia comunitária diz: “Se a boca fala, os órgãos saram, se a boca cala, os órgãos falam.” – essa simples fala nos traz um enorme aprendizado.

Quando decidimos conversar sobre nossas aflições, nos sentimos aliviados. Por outro lado, quando decidimos reter essas angústias, indiretamente acabamos dando voz a elas e logo irão se manifestar.

Nossos sentimentos diários são responsáveis por ditar o caminho que nosso corpo irá atravessar durante aquele dia.

Isso quer dizer que quanto mais nossa mente e emoções forem saudáveis, melhores serão os resultados para todo o restante do nosso corpo.

Ansiedade e depressão como os maiores transtornos mentais

Nos últimos 3 anos a busca por ansiedade dentro das redes aumentou em quase 34% e isso não foi por acaso.

A pandemia do Covid-19 atenuou os impactos dos transtornos de ansiedade em todo o mundo. Para se ter uma noção, a pandemia foi responsável por desencadear um aumento de 25% sobre casos de ansiedade.

Medo, nervosismo, preocupação e pensamentos intrusivos são algumas sensações relacionadas ao transtorno de ansiedade.

Cerca de 264 milhões de pessoas estão doentes por causa desse transtorno, e se você acha que para pôr aí, a ansiedade é responsável por desencadear vários outros problemas na saúde mental do ser humano.

Por outro lado, quando falamos em depressão, o Brasil possui a maior taxa da América Latina.

5,8% da população total brasileira sofrem com a depressão, para se ter uma noção real, esse dado equivale à 11 MILHÕES DE PESSOAS só no Brasil.

A depressão é um transtorno caracterizado principalmente por uma tristeza sem fim e falta de interesse em realizar tarefas básicas. Isso quer dizer que estar triste é estar depressivo?

NÃO.

A tristeza é uma emoção natural de TODO SER HUMANO, o que a diferencia da tristeza associada a depressão, é que essa por sua vez perdura por um longo tempo, assim, afetando todas as áreas de nossa vida.

Janeiro Branco promove saúde mental

A maioria das pessoas não sabe, mas o conceito de saúde mental é bem mais amplo do que as pessoas um dia já imaginaram.

Isso porque de acordo com a Organização Mundial da Saúde, esse é um completo estado de bem-estar físico, mental e até mesmo social.

Dessa forma, requer atenção em todas as áreas.

Pensando assim, a saúde mental é parte necessária e complementar para a manutenção de todas as funções orgânicas do corpo humano.

Em primeiro lugar, você conhece a hipnoterapia?

De antemão, a hipnoterapia nada mais é do que um método de tratamento que utiliza técnicas hipnóticas para descobrir a raiz emocional de um problema e ressignificar o trauma.

Ou seja, através da hipnoterapia, é possível alterar a relação emocional que existe entre a pessoa e a situação que causa um determinado sofrimento, instalando assim novos programas psicológicos no subconsciente.

A hipnoterapia nos mostra que muitos problemas que vivenciamos é por conta de traumas passados, afinal, quando a causa é reparada, os sintomas são naturalmente controlados e o mal deixa de existir.

A nossa mente é um campo muito poderoso e com a ajuda das sugestões que a hipnoterapia nos proporciona, o hipnoterapeuta tem a possibilidade de alcançar resultados mais efetivos e em um curto período.

Ser um hipnoterapeuta é ter a certeza de que o seu trabalho vai transformar a vida de alguém que busca por essa grande mudança.

Além de trabalhar com um propósito, o hipnoterapeuta é um profissional que tem sua performance reconhecida tanto pelos pacientes quanto por seu retorno financeiro.

Para se ter uma noção, ser um hipnoterapeuta faz com que você ganhe até R$ 20 mil por mês! Fala sério, quando você imaginou ser possível faturar isso e ainda transformar vidas?

Se interessou? Então clique no banner abaixo e saiba mais!

MBA

 

 

 

 

0
Would love your thoughts, please comment.x
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×